ASAE apreendeu em Guimarães 700 pares de sapatilhas contrafeitas

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica - ASAE apreendeu em Guimarães cerca de 700 pares de sapatilhas contrafeitas´, no valor estimado de 16 mil euros.
De acordo com informações confirmadas junto da ASAE pelo Grupo Santiago, a apreensão foi o culminar de um processo que permitiu desmantelar uma organização internacional.
O calçado apreendido em Guimarães era produzido em países da Europa de leste e posteriormente enviado para Portugal onde era introduzido no mercado comercial, a partir de um armazém situado no nosso Concelho, misturado com calçado oficial de diversas marcas, nomeadamente através da internet e lojas comerciais.
No âmbito do processo cuja investigação não foi ainda encerrada, um empresário foi constituído arguido.


em Judicial

Marcações: contrafeitos, ASAE, calçado

Imprimir