Crimes em Guimarães aumentaram quase 3%

Em Guimarães registaram-se 3.187 crimes no ano de 2018, mais 90 do que no ano anterior (3.097), correspondendo a um aumento de 2,9% face ao período homólogo, segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Dos processos registados, 1.529 correspondem ao crime contra o património, 850 contra as pessoas, 541 contra a vida em sociedade, 215 previstos em legislação avulsa, 37 contra o Estado e 15 contra animais de companhia.

De referir que, segundo o INE, Guimarães não registou qualquer crime de homicídio voluntário consumado, assim como contra a identidade cultural e integridade pessoal.

Ainda de acordo com os dados divulgados, o registo de crimes contra animais teve um aumento de 150% em relação ao ano passado, passando de seis para 15 ocorrências.

No que respeita à taxa de criminalidade, o Concelho também registou um crescimento. O ano de 2018 assinalou mais 3% de crimes por população residente do que no período homólogo.

Assim, no ano transacto, Guimarães obteve uma taxa de 20,8%, traduzidos em 10% por crimes contra o património, 3,7% por crimes contra a integridade física, 2,6% por furtos de veículos, 1,2% por condução de veículo com taxa de álcool igual ou superior a 1,2 gramas por litro, 0,4% por condução sem habilitação legal e 0,4% por furto ou roubo por esticão e na via pública.

em Judicial

Marcações: Guimarães, Crimes

Imprimir