Prisão preventiva para homem acusado de crimes de pornografia de menores

O homem suspeito da eventual prática de vários crimes de pornografia de menores ficou em prisão preventiva, segundo fonte da Polícia Judiciária.

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Braga, procedeu ontem em Guimarães à detenção, fora de flagrante delito, de um homem, de 56 anos de idade, suspeito da eventual prática de vários crimes de pornografia de menores.

Os inúmeros factos ocorreram entre 2017 e 2019, com importação e divulgação de dezenas de fotografias e vídeos de pornografia envolvendo crianças de tenra idade, através da rede social facebook e da aplicação whatsapp.

O Tribunal decretou prisão preventiva, tendo em conta que o homem tinha na sua posse o material pornográfico, assegurou fonte da PJ.

em Judicial

Marcações: Polícia Judiciária

Imprimir