António Magalhães analisa censos 2001

O Presidente da Câmara Municipal de Guimarães fez uma leitura positiva dos censos 2001, no que diz respeito ao nosso Concelho. De acordo com os censos, o aumento populacional em Guimarães anda na ordem dos 10 por cento. Uma percentagem que deixou satisfeito o Autarca vimaranense que considera ser "um excelente, não direi excepcional, mas excelente crescimento". António Magalhães acrescenta que "vem na sequência daquilo que, naturalmente, temos como base para que em 2010 ou 2015 tenhamos uma Cidade de 100 mil
habitantes".
Na análise aos censos, há uma outra questão que merece destaque. Trata-se da percentagem de jovens (dos 0 aos 14 anos) de 19,6% que é superior à dos idosos (dos 65 anos ou mais) registada na ordem dos 10,3%. Números que contrariam a tendência nacional, o que António Magalhães considera "uma excelente notícia". Para o Edil vimaranense "estamos muito bem situados e isso é uma das nossas forças relativamente àquilo que queremos para o futuro".
Quanto ao facto dos recenseadores terem identificado 5 mil 222 alojamentos vagos, o Presidente da Câmara de Guimarães diz que "também é bom sinal, já que evedencia que as pessoas têm possibilidades de ter mais que uma casa". Mas isso é evidente que só "em alguns casos, outros não será assim e só uma apreciação mais
cuidadosa poderia mostrar melhor a realidade". Ainda assim, o Autarca acredita que "uma grande parte desses alojamentos vagos serão uma segunda habitação".

em Política

Marcações: Política

Imprimir