PS: desnivelamento em Silvares estaria resolvido se fosse competência da Câmara

"O PS sabe que o estrangulamento rodoviário em Silvares já estaria resolvido há muito, se fosse competência municipal, não está porque não foi transferida antes por qualquer governo do PS ou do PSD". É desta forma que o PS reage, em comunicado, à conferência de imprensa da Concelhia do PSD sobre o desnivelamento da rotunda de Silvares (ver notícia nesta edição).
A Concelhia do PS lembra que "nunca pudemos intervir porque não era nossa competência. Só podemos reivindicar, exigir, denunciar junto dos diferentes governos, o que fizemos. O governo do PSD nada respondeu, o do PS avançou com o processo, e a obra será uma realidade".

Reconhecendo que o "estrangulamento rodoviário em Silvares é uma realidade", o PS considera que o PSD veio agora a público falar da questão "talvez porque, com o início muito próximo da sua execução, iria terminar o tempo das queixas".
"O secretariado da concelhia do PS Guimarães reconhece o problema, por nós várias vezes denunciado, mas nunca nos limitamos às denúncias, para antes nos empenhar com resultados na sua resolução", lê-se no comunicado que acrescenta: "Foi pelo trabalho da Câmara Municipal liderada pelo PS que em Março de 2017 foi assinado um protocolo com a Infraestruturas de Portugal e o governo para a execução da obra, foi por contínua insistência do Presidente da Câmara que foi concluído o projecto, estando neste momento em fase de lançamento o concurso de obra, prevendo-se o seu início em meados do corrente ano de 2019, com conclusão prevista para 2020".

O PS diz acreditar que no futuro "tudo será mais fácil em outras situações complicadas que ainda temos, com a transferência das estradas para os municípios", criticando o "PSD local quer que tudo continue nas competências do Estado central, para nada se resolver, poder queixar-se e, acredita, ganhar votos. Resolver os problemas de Guimarães interessa-lhe pouco".

Marcações: Silvares, PS , rotunda, desnivelamento

Imprimir Email