Vereação Municipal vota 600 mil euros para auto-escada para os Bombeiros de Guimarães



O Executivo Municipal de Guimarães vai discutir e votar na sua reunião quinzenal desta quinta-feira, uma proposta de atribuição de um subsídio à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Guimarães até a um máximo de 600 mil euros, a pagar em três prestações, sendo que a primeira vence em 2020. Trata-se de um subsídio que tem por objectivo ajudar a financiar a compra de uma nova auto-escada com características especiais que seja "acessível e manobrável no Centro Histórico".
De acordo com a proposta, estima-se que a nova auto-escada tenha um custo de cerca de 888 mil euros mais IVA.
O valor a atribuir pelo Município, poderá ser reduzido caso existam outros apoios para o efeito, nomeadamente provenientes de candidaturas a fundos nacionais ou europeus e donativos de particulares.

Na agenda da reunião, consta a proposta para aprovação do Plano Municipal da Defesa da Floresta Contra Incêndios com as actualizações impostas pelo Decreto-Lei n.º 124/2006, de 28 de Junho e que tem parecer vinculativo positivo do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas.
Referência ainda para a proposta do Relatório e Contas da Câmara, referente a 2018, bem como a alteração do valor das taxas do mercado de venda por grosso de frutas e legumes.

A Vereação Municipal vai ainda discutir e votar a proposta de alteração do tarifário da Vimágua, outra para adesão ao regime da tarifa social e uma terceira de alteração ao Regulamento do serviço de abastecimento público de água e do serviço de saneamento de águas residuais urbanas.
A agenda integra também uma proposta para aprovação do Regulamento Municipal de Protecção de Direitos Comerciais relativos à final da Liga das Nações.

Referência ainda para as mais duas propostas: uma de autorização para contratação de 30 novos assistentes operacionais para os agrupamentos escolares de Guimarães e outra de atribuição de subsídios a escolas do Concelho, para financiar diversos projectos, no valor global de cerca de 85 mil euros.

Marcações: bombeiros, Vereação Municipal, auto-escada

Imprimir Email