Secretário de Estado Adjunto e da Mobilidade apresentou em Guimarães planos estratégicos para redução de gases com efeito de estufa

O Secretário de Estado Adjunto e da Mobilidade apresentou em Guimarães o «Roteiro da Neutralidade Carbónica 2050» e o «Plano Nacional Energia Clima 2030». José Mendes participou numa sessão sobre «Alterações Climáticas e Cidades Resilientes» organizada pela Ordem dos Engenheiros que decorreu no Laboratório da Paisagem esta sexta-feira.
Salientando a natureza estratégica dos documentos e a sua importância para cumprir as metas do acordo de Paris, o governante traçou os grandes objectivos para o «Roteiro da Neutralidade Carbónica 2050».

"Pretendemos reduzir as emissões de gases com efeito de estufa em 85% e reduzir as actuais 75 mega toneladas de CO2, para 12 mega toneladas em 2050  que será a nossa capacidade de captura de carbono", objectivo que terá reflexos nos mais variados sectores, nomeadamente energia, agricultura, floresta, indústria, resíduos e mobilidade. Paralelamente, será posto em prática o «Plano Nacional Energia Clima 2030». José Mendes revelou também os objectivos estratégicos deste documento, nomeadamente a "incorporação de fontes de energia renováveis na ordem dos 47% e produção de electricidade na ordem dos 80% de incorporação de energias renováveis e ainda 60% de energia eléctrica descarbonizada em 2050". Estes objectivos implicam o aumento da aposta na energia solar, manter a aposta na energia hídrica e acabar com as centrais a carvão".

São metas para travar a emissão de gases poluentes e com efeito de estufa que encontram em Guimarães um Município aliado. Domingos Bragança, reiterou a vontade política para construir um Concelho ambientalmente sustentável, através da mudança de mentalidades que conduza à alteração de paradigma.

"Temos que ter todos um a forte consciência ecológica e apostar na economia circular. Ninguém tem o direito de feitaar fora aquilo que é reciclável", sublinhou para acrescentar a forte determinação de Guimarães de pretender ser "exemplo que possa ser replicado" por outros municípios.

em Política

Marcações: josé mendes, Secretário de Estado Adjunto e da Mobilidade, Roteiro da Neutralidade Carbónica 2050, Roteiro da Neutralidade Carbónica 2050» e o «Plano Nacional Energia Clima 2030

Imprimir