Covid-19: Reunião do Executivo vimaranense por vídeo-conferência para garantir distanciamento social

O Executivo vimaranense vai reunir esta segunda-feira, a partir das 10h00, através de vídeo-conferência, num momento que será restrito aos membros do Órgão Executivo, em função do surto do COVID-19. Ou seja, não é permitido a presença de público nem de representantes dos órgãos de comunicação social.

A Vereação Municipal vai discutir e votar na sua reunião uma proposta sobre a abertura de concurso público para a concessão de serviço público de transporte rodoviário de passageiros. De acordo com a proposta, o período de vigência será 10 anos com início em Janeiro de 202 e o preço base de €30.905.319,00, acrescido de IVA à taxa legal em vigor (6%), calculado em conformidade com o estudo de viabilidade económico-financeiro, elaborado no âmbito da determinação do plano para a exploração do serviço público de transporte rodoviário de passageiros no concelho de Guimarães.

Outra proposta que consta da agenda, diz respeito a adjudicação da requalificação da rua D. João I, pelo preço de €963.224,16 + IVA, sendo o prazo de execução de 300 dias.

Referência ainda para o relatório de avaliação do cumprimento do estatuto do direito de oposição no ano de 2019.

O Executivo vai também pronunciar-se sobre uma proposta de de extinção, por dissolução da AMAVE - Associação de Municípios do Vale do Ave.

em Política

Marcações: Guimarães, reunião camarária, video-conferência

Imprimir