Câmara prepara fundo para tentar responder aos problemas financeiros das empresas

Na passada segunfa-feira publicamos uma notícia no âmbito da sessão do Executivo Municipal, com o título «Câmara prepara fundo para tentar responder a problemas de tesouraria do comércio tradicional».

Em rigor, esta afirmação não é verdadeira. A notícia e o título foram redigidos com base em declarações prestadas pelo vereador da Divisão de Desenvolvimento Económico, Ricardo Costa, na conferência de imprensa realizada no final da reunião. É certo que a pergunta colocada abrangeu, efectivamente, a questão do comércio tradicional tendo em atenção a proposta que havia sido apresentada pelo PSD. Mas, em rigor, o que o vereador Ricardo Costa afirmou é que o fundo que estava a ser estudado pela Câmara, pretendia "financiar projectos de inovação e investigação, criação de novos produtos e até financiar alguma propriedade intelectual e que, agora, vai tentar responder também à questão das dificuldades de tesouraria das empresas", não referindo o comércio tradicional em concreto. Fica feita a rectificação com os pedidos de desculpa que se impõem.


Marcações: Executivo Municipal, Ricardo Costa, comércio tradicional, tesouraria, fundo

Imprimir Email