Deputado Luís Soares diz que Orçamento Suplementar é bom para Portugal e para Guimarães

O deputado socialista de Guimarães Luís Soares considera que “este é um Orçamento que não cria austeridade não corta rendimentos, pelo contrário. Segue a política de compensação de rendimentos, de apoio às famílias e às empresas que tão bom resultado deu nos últimos cinco anos”.

Segundo o Deputado do Partido Socialista o orçamento suplementar apresentado pelo Governo discutido e aprovado na generalidade no Parlamento é “mais um passo para no combate à crise por Covid-19 que atingiu as pessoas, as famílias e as empresas”.

“O orçamento suplementar permite prevê, do lado da receita, acomodar o envelope financeiro disponibilizado pela União e aposta no apoio às empresas na manutenção dos postos de trabalho, na sua capitalização e aumento da liquidez e no apoio aos trabalhadores formais e informais que tiveram os seus rendimentos reduzidos, ou que perderam os seus empregos.”

Por outro lado, Luís Soares destaca, ainda, o reforço das rúbricas no Orçamento relacionadas com as respostas públicas aos cidadãos, “o serviço nacional de saúde e os seus profissionais, a aposta nos instrumentos digitais da Escola Pública e na habitação social.”

Finaliza explicando que à semelhança do que acontece em Portugal desde 2015 não prevê austeridade, aumento de impostos para as famílias e para as empresas e cortes no rendimento, apelando a que todos participem da fase de relançamento da economia sem, contudo, descontrolar a dimensão sanitária.

em Política

Marcações: Luís Soares

Imprimir