Principal objectivo da nova liderança do PSD de Guimarães é ganhar as autárquicas

Ganhar as eleições autárquicas do próximo ano é o principal objectivo de Bruno Fernandes que esta terça-feira apresentou a sua recandidatura à Comissão Política Concelhia de Guimarães.

Em conferência de imprensa realizada esta terça-feira, Bruno Fernandes destacou que o poder Municipal de Guimarães necessita de uma "lufada de ar fresco que fará bem à democracia e à gestão Municipal". É neste pressuposto que Bruno Fernandes assume, de forma clara, que "o principal objectivo desta Comissão Política é trabalhar para merecermos a confiança dos vimaranenses e vencermos as próximas eleições autárquicas".

Sublinhando que "devemos esperar mais de quem nos governa", Bruno Fernandes considera que "devemos ter a ambição de não aceitar que projectos estruturantes se arrastem há vários anos como é exemplo a revolução que temos de fazer nos transportes públicos colectivos ou a urgente melhoria das acessibilidades às vilas do Concelho".

Bruno Fernandes considera que este não é ainda o tempo para revelar o nome do candidato do PSD à Câmara mas admitiu que como líder da Concelhia "faz parte do processo" quando questionado se, nessa qualidade, é um potencial candidato. Por outro lado, afirmou ser prematuro revelar se haverá condições para renovar a coligação autárquica com o CDS.

O prazo de apresentação de listas às eleições para a secção de Guimarães do PSD termina amanhã, quarta-feira, mas a candidatura de Bruno Fernandes reúne uma "alargada" base de apoio, subscrita por André Coelho Lima, César Teixeira, Rui Vítor Costa, Emídio Guerreiro, Rui Armindo Freitas, Alexandre Cunha, António Xavier e o líder da JSD, Eduardo Fernandes, entre outros. Uma equipa pronta para a «maratona» do trabalho e dos desafios que se colocam à nova Comissão Política e "demonstrativa da nossa militância, abrangendo e congregando a matriz identitária desta secção nas suas mais diversas vertentes e sensibilidades", como destacou Bruno Fernandes.

A lista da candidatura de Bruno Fernandes integra os vereadores Ricardo Araújo e Hugo Ribeiro que serão vice-presidentes que se juntam André Casalta, Miguel Almeida, Ana Teixeira, Carlos Caneja, Isabel Machado, Isabel Sousa, Manuel Ribeiro, Margarida Pereira, Susana Araújo e Tiago Laranjeiro. Não integra presidentes de junta para que se "foquem no processo autárquico das suas freguesias".
As eleições estão marcadas para sábado.


em Política

Marcações: eleições, Bruno Fernandes, PSD , comissão poltica

Imprimir