Rede flexível de transportes públicos de Guimarães apresentada à vereação municipal

O plano da rede flexível de transportes públicos de passageiros a implementar no concelho de Guimarães foi apresentado esta segunda-feira à vereação municipal, na reunião realizada por videoconferência.

A equipa técnica liderada por Álvaro Costa deu a conhecer o projecto que está a ser trabalho para funcionar de forma complementar à rede regular de transporte público, em situações de baixa procura. A implementação prevê a aquisição de três autocarros mínimos eléctricos, e a afectação de sete motoristas. Prevê-se uma comparticipação pública de 3 milhões e 72 mil euros, num total de 10 anos de contrato.

Para além dos meios próprios, segundo a proposta, está contemplado o recurso a meios externos, como o serviço de táxis. A referida rede terá 10 zonas, a saber:


Zona 1 - Guimarães, Sande (Vila Nova), Silvares, Brito, Fermentões, Creixomil, Ponte, Caldelas
zona 2 - Moreira de Cónegos, Conde, Lordelo, Nespereira, Guardizela, Gandarela.
Zona 3 - Serzedelo, Gandarela, Guardizela, Gondar, Selho S. Jorge
Zona 4 - Oleiros, Vermil, Ronfe, Airão S. João, Airão Santa Maria, Brito, Figueiredo, Leitões
Zona 5 - Caldelas, Sande S. Lourenço, Balazar, Longos, Briteiros Santa Leocádia, Sande S. Martinho, Barco, Briteiros S. Salvador
Zona 6 - Briteiros Santo Estêvão, Prazins Santo Tirso, Donim, Souto S. Salvador, Prazins Santa Eufémia, Corvite, Souto Santa Maria, Gondomar, Sande S. Clemente, Caldelas, Ponte
Zona 7 - Atães, Rendufe, Gominhães, Selho S. Lourenço, S. Torcato,
Zona 8 - Gonça, Castelões, Arosa, S. Torcato
Zona 9 - Infantas, Serzedo, Costa, Mesão Frio,
Zona 10 - S. Faustino, Pinheiro, Gémeos, Abação, Urgezes.

Há ainda dois circuitos: interiores da freguesia de Polvoreira, com ligação à zona do centro social, ligando nas linhas de transporte regular na EN 105, assim como no Largo dos Carvalhos. Haverá ainda um segundo circuito na zona do Mourão, na ligação de Penselo e Azurém.
Esta rede funcionará todo o ano entre as 8 e as 24h00, com especial incidência no período nocturno, tudo apontando para que seja a Vitrus a garantir este serviço depois das necessárias adaptações necessárias.

(Em actualização)


em Política

Imprimir