Ordem dos Médicos alertou para falta de recursos humanos e melhoria dos equipamentos no Hospital de Guimarães

O Presidente da Secção Regional do Norte da Ordem dos Médicos visitou, esta quinta-feira, o Hospital da Senhora da Oliveira, em Guimarães.

Inserida na acção de proximidade, com o nome “ouvir os médicos”, António Araújo visitou as instalações, reunindo com o Presidente do Conselho de Administração do Hospital e com clínicos de diferentes especialidades.

No final, em declarações aos jornalistas, o dirigente da secção Regional do Norte da Ordem dos Médicos justificou que a deslocação ao Hospital de Guimarães teve como objectivo "ouvir as dificuldades que está a atravessar". "Percebemos que estão a atravessar dificuldades a diferentes níveis: o Conselho de Administração prepara-se para iniciar obras de remodelação dos serviços de urgência que são precisas, não só a de adultos, mas sobretudo na área pediátrica; o Hospital precisa de uma unidade de cuidados intermédios para AVC; e precisa de aumentar a área de cirurgia de ambulatório", disse, indicando que "são alterações estruturais, importantes e urgentes a realizar".
António Araújo referiu também a existência de "problemas ao nível dos equipamentos: os TAC são novos, mas aparelhos como ecógrafos e outros, de obstetrícia e não só, são antigos e estão já fora de prazo e é fundamental haver um investimento na sua substituição, bem como a nível dos equipamentos informáticos, computadores e impressoras que são fundamentais para a prática clínica diária".

Quanto aos recursos humanos, o Presidente da Secção Regional do Norte da Ordem dos Médicos, António Araújo, assinalou que "o Hospital tem carências gravíssimas", apontando "a imagiologia, anestesiologia e ginecologia-obstetrícia como as áreas em que a falta de recursos humanos é crítica para o funcionamento diário e que urge resolver". António Araújo garantiu que a Ordem dos Médicos vai "alertar os decisores políticos e pressionar quem de direito para ver se ajuda este Hospital e profissionais a darem os melhores cuidados de saúde à população que servem".

O Presidente do Conselho de Administração do Hospital da Senhora da Oliveira agradeceu a visita da delegação da Ordem dos Médicos. Henrique Capelas assinalou que "é um hospital que apresenta alguns problemas dada a sua idade", ao dar conta que "os problemas que afectam a prática clínica e médica são aqueles que dão mais preocupação". O responsável vincou que a Administração está "em total sintonia com as posições da Ordem dos Médicos", aproveitando para sublinhar que os comentários e recomendações deixadas foram registadas para que sejam consideradas. "Há um esforço enorme que temos de fazer para a substituição dos equipamentos", precisou, assegurando que o empenhamento na resolução dos problemas do Hospital. "É nisso que estamos a trabalhar e iremos continuar no futuro", concluiu Henrique Capelas.

em Saúde

Marcações: Hospital de Guimarães, António Araújo, Secção Regional do Norte da Ordem dos Médicos

Imprimir