Falta de vacinas da gripe afecta algumas unidades de saúde de Guimarães



O Sindicato Independente dos Médicos alertou para o facto de a Administração Regional de Saúde Norte estar sem vacinas contra a gripe para distribuir pelas unidades de saúde em pleno período de vacinação.
O Grupo Santiago confirmou que se trata-se de uma situação que está a afectar algumas unidades de saúde de Guimarães e que se deve à falta de capacidade da empresa contratada para fornecer as vacinas.
O período de vacinação começou no passado dia 14, tendo sido anunciado que estão disponíveis dois milhões de vacinas, 1,4 milhões para serem dadas gratuitamente a grupos de risco no SNS e cerca de 600 mil para venda em farmácias.
Segundo o Sindicato, as unidades de saúde familiar e restantes unidades de cuidados de saúde primários da região Norte estão com dificuldades para vacinar os utentes que as procuram.
“A expectativa dos utentes é defraudada por motivos que são alheios às unidades de saúde e aos seus profissionais”, indica a nota do Sindicato.

Marcações: gripe, Vacinas

Imprimir Email