VÍDEO - Covid-19: Nascer em segurança em tempo de pandemia no Hospital de Guimarães

Proteger e cuidar das mães e dos bebés que nascem em plena pandemia. 

Esta tem sido a preocupação dos profissionais de saúde da maternidade do Hospital Senhora da Oliveira, onde todos os dias continua a actividade aparentemente 'normal' de acompanhamento e apoio, embora com procedimentos decorrentes do plano de contingência da Covid-19.

 

Antecipando o Dia da Mãe, entramos na maternidade e falamos com Flávia, de 27 anos. "O parto só estava programado para segunda-feira... Mas, ela quis vir mais cedo e quando cheguei ao Hospital desde a triagem até este momento tenho sido sempre bem atendida, super-apoiada", afirmou, acrescentando: "fizeram-me esquecer tudo o que se passa lá fora para vivermos este momento como sendo único. A minha filha não vai voltar a nascer!".

Mãe pela primeira vez, Flávia segura Benedita com confiança, na maternidade situada no 5º piso do Hospital. Sabe que as pessoas infectadas com a Covid-19 estão internadas e recebem tratamento nos pisos superiores. Sente-se segura, porque o serviço adaptou-se às exigências. "Tenho problemas de ansiedade e posso dizer que não senti nada. Só tenho que agradecer!", frisou, tranquila, assegurando: "Sinto-me protegida aqui. Conseguiram fazer tudo de forma natural que para que não sentisse o receio de que atrás de uma porta, está um vírus".

em Saúde

Imprimir