Unidade de rastreio à Covid-19 junto ao Multiusos de Guimarães duplica capacidade de testes diários

A Câmara alerta que Guimarães "é um dos concelhos de risco elevado de contágio no âmbito da pandemia da Covid-19" e para tentar inverter esta situação será lançada uma campanha de sensibilização para "tornar cada vimaranense num agente de saúde pública".

Em comunicado, o Município adianta que esta foi uma das conclusões na reunião extraordinária da Comissão Municipal da Protecção Civil, que decorreu esta terça-feira, com a participação dos presidentes das juntas de freguesia.
“É fundamental o apelo à identidade e orgulho vimaranense. Queremos sair deste conjunto de concelhos de risco e para tal devemos passar uma mensagem que cada um de nós é um agente de saúde pública. Temos de fazer esse apelo na vertente pedagógica, através de uma campanha fortíssima de sensibilização, assente nas recomendações de usar máscara, lavar as mãos e cumprir distanciamento social”, apontou o presidente da Câmara Municipal de Guimarães", citado no referido comunicado.

"Na reunião da Comissão Municipal da Proteção Civil foi manifestada a “pressão” sobre o Hospital de Guimarães e as respostas de saúde pública, com o aumento do número de casos de doentes Covid-19. Foi anunciada a implementação de mais uma estrutura da unidade de rastreio no Multiusos de Guimarães, numa articulação definida entre a Câmara Municipal de Guimarães, a ARS Norte e UNILABS, que permitirá a realização de 400 testes diários, ou seja, o dobro do actual.

Numa estreita articulação com as entidades de saúde, Segurança Social, instituições, associações, Juntas de Freguesias, Polícia, GNR, Bombeiros, a Câmara Municipal de Guimarães está a criar respostas no combate à pandemia com a manutenção do Estado de Emergência Municipal desde março. Domingos Bragança considera importante cortar as cadeias de contágio, através da “responsabilidade colectiva”, da “pedagogia” e do sentimento de “todos sermos agentes de saúde pública”", acrescenta o comunicado.

Refira-se que esta semana vão para o terreno mais três equipas multidisciplinares de suporte comunitário com uma intervenção directa na comunidade, em complemento com as equipas multidisciplinares que já estão a dar resposta nos agrupamentos escolares.

"Em Guimarães estão a decorrer ainda os testes de rastreio a todos os funcionários de lares de idosos, em articulação com a Segurança Social, assim como a resposta em instituições que se verificaram surtos através das Brigadas de Emergência. Há um reforço dos Equipamentos de Protecção Individual que estão a ser distribuídas pelas instituições e destaque ainda para o aumento da capacidade de camas na Estrutura de Rectaguarda Municipal que proporciona o tratamento de pessoas em situação de confinamento ou com necessidade de isolamento profilático, bem como o acolhimento de doentes sem rectaguarda familiar", conclui.

em Saúde

Marcações: Guimarães, covid-19, unidade de rastreio

Imprimir