Doente em observações desaparece do Hospital de Guimarães...

O caso é, no mínimo, insólito...Manuel Melo, residente em Felgueiras, deu entrada no Hospital de Guimarães ontem ao final da tarde depois de ter sido transferido da unidade hospitalar da sua área de residência. O paciente chegou ao Hospital Senhora da Oliveira acompanhado por familiares até porque os seus problemas de saúde são, essencialmente, do foro psicológico.
Depois de ter efectuado todos os exames, a médica que o assistiu dirigiu-se aos familiares de Manuel Melo, por volta das 4h30 da manhã, aconselhando-os a irem para casa enquanto o paciente ficava em observações. A clínica terá ainda dito para que hoje procurassem informações no Hospital uma vez que tudo levava a crer que Manuel Melo teria que ser internado. O problema é que os familiares apareceram esta manhã ao Hospital de Guimarães, mas foi-lhes transmitida a notícia de que o utente tinha desaparecido.
Felizmente a história teve um final feliz já que, apesar das dificuldades ao nível psicológico, esta manhã Manuel Melo conseguiu chegar até casa, ao que tudo indica, recorrendo a um táxi.
Seja como for, o paciente saiu da unidade hospitalar sem que ninguém se tenha apercebido. Para esclarecer o sucedido, a Santiago contactou o chefe de equipa do serviço de urgências do Hospital de Guimarães, que se recusou a fornecer quaisquer informações, acrescentando ter entrado apenas hoje ao serviço.

em Sociedade

Marcações: Sociedade

Imprimir