Antigas termas abandonadas. Degradação apoderou-se do edifício das Taipas

As instalações das primitivas termas das Taipas estão completamente abandonadas. Os vestígios do edifício situado no centro da Vila confundem-se com a vegetação. A junta de freguesia revela que a Autarquia vimaranense está a fazer um estudo para a restruturação de toda a área, mas há muito que a degradação se apoderou do imóvel que é património municipal.
Confrontado com a questão, o Presidente da Junta de Caldelas não esconde o interesse em promover a recuperação deste edifício tão simbólico do termalismo nas Taipas. No entanto, remeteu mais esclarecimentos para os serviços municipais, alegando que está a ser elaborado um plano para a "restruturação de toda a área".
Questionada sobre o assunto, uma fonte da Autarquia adiantou que, neste momento, a zona dos antigos balneários termais está inserida na área abrangida por uma candidatura ao programa URBCOM.
Toda a zona está a ser alvo de um levantamento funcional, devendo uma eventual reabilitação contemplar não só as instalações onde ainda perduram vestígios romanos, como também alguns equipamentos adjacentes.
Todavia, não foram declaradas quais são as pretensões concretas da Autarquia para a beneficiação do imóvel centenário.

em Sociedade

Marcações: Sociedade

Imprimir