PSP identificou deserodeiros do Centro Histórico

A PSP de Guimarães já identificou alguns dos jovens que provocaram desacatos na madrugada de domingo no Largo da Oliveira. A PSP de Guimarães está a elaborar o inquérito sobre os incidentes da madrugada do último domingo registado no Centro Histórico, para posteriormente enviar o processo ao Tribunal.
Ontem à tarde à esquadra da PSP chegou uma queixa de um
comerciantes que terá sofrido diversos danos causados pelos
desacatos.
Recordo que os incidentes ocorreram na madrugada de domingo
quando dois grupos de jovens, alegadamente rivais, se
envolveram numa rixa no Largo da Oliveira. Dos insultos às
agressões, os jovens não tiveram meias medidas e usaram as
cadeiras de esplanadas. Alguns dos jovens tiveram mesmo que
receber tratamento hospitalar.
Entretanto, o Presidente da Câmara comentou os incidentes de
domingo passado. Em entrevista concedida à Santiago, António
Magalhães não tem dúvidas de que os incidentes de domingo
passado sugerem a necessidade de mais policiamento e, em
última instância, dão razão à Câmara quando defendeu a
instalação de um sistema de vigilância vídeo no Centro Histórico.
O Presidente da Câmara diz-se também preocupado com a
imagem que pode ser transmitida para a opinião pública fruto de
uma situação que considera ser pontual.

em Sociedade

Marcações: Sociedade

Imprimir