Espectáculo com os Madredeus não está em causa

O espectáculo dos Madredeus não está em causa e respeita todas as normas de segurança em vigor. A questão foi suscitada pelo Comandante dos Bombeiros de Guimarães.
Amadeu Portilha assegura, no entanto, que não há nenhuma ilegalidade na utilização do Pavilhão Multiusos. Segundo Amadeu Portilha toda esta polémica tem a ver com questões financeiras. Os Bombeiros pediram 87 contos para efectuar os serviço de segurança, razão pela qual a organização optou pela Cruz Vermelha que cobra apenas 30 contos. Reiterando que tudo está legal, Amadeu Portilha não deixa de estranhar toda a polémica suscitada.
Refira-se que o Comandante dos Bombeiros de Guimarães emitiu esta tarde um comunicado a dar conta que o Pavilhão Multiusos não foi vistoriado quanto às normas de segurança. No documento, Domingos Ferreira é peremptório: o pavilhão Multiusos ainda não foi vistoriado e a um dia do espectáculo dos Madredeus, a empresa organizadora do evento não requereu qualquer vistoria ao Serviço Nacional de Bombeiros. No comunicado, a corporação vimaranense diz-se preparada para qualquer situação imprevista, mas o Comando declina, e passo a citar, "qualquer responsabilidade no caso de ser posta em causa a
segurança dos espectadores presentes no espectáculo".

em Sociedade

Marcações: Sociedade

Imprimir