TRIAVE com taxa de resolução de conflitos de consumo em 2018 de 91%



O Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo do Vale do Ave/Tribunal Arbitral (TRIAVE), fechou o ano de 2018 com uma taxa de resolução de 91%. De acordo com a TRIAVE em 2018 entraram no Centro 1441 processos de reclamação, dos quais 47% foram apresentados por munícipes de Guimarães. 

Pedro Sousa, Director do TRIAVE, refere que o "alto" número de processos oriundos de Guimarães está relacionado com a "proximidade" e com o "óptimo trabalho" do organismo autárquico de apoio ao consumidor de Guimarães. "Tanto o Centro como o CIAC são conhecidos por uma parte do Concelho, o que não acontece na maior parte dos outros 13 municípios", explica.

Os serviços públicos essenciais, nomeadamente a prestação de serviços de comunicações electrónicas (978), e o fornecimento de energia eléctrica e gás (324) foram os que suscitaram mais reclamações no ano passado:

Marcações: Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo do Vale do Ave, TRIAVE, consumo

Imprimir Email