Presidente da Cercigui justifica demissão com «valores incontornáveis» 

O Presidente da Direcção da Cercigui diz que apresentou a sua demissão do cargo devido a "valores incontornáveis". Rui Leite fala em cooperação, confiança, confidencialidade, integridade e responsabilidade.
Em comunicado, Rui Leite diz que os referidos valores "são, ou deveriam ser, incontestáveis dentro de um Conselho de Administração".
"Ora, presentemente, e por vários motivos que são do foro interno, estes valores quebraram-se profundamente", lê-se no documento.
Perante um incidente que classifica de "grave", Rui Leite revela ter convidado "um dos elementos a sair do Conselho de Administração, que prontamente não aceitou". Sendo que legalmente não tem a opção de demitir nenhum membro, na qualidade de presidente da Cercigui Rui Leite resolveu apresentar a sua minha demissão, para não "validar e compactuar com acções e omissões manifestamente violadoras dos meus princípios e com consequências nocivas para a instituição".
Sublinhando que a apresentação da sua demissão foi "tão dolorosa quanto ponderada", Rui Leite afirma que não abandonará a instituição.

Marcações: CERCIGUI, Rui Leite

Imprimir Email