Sexagenário autopsiado no HSO

A autópsia do sexagenário que morreu em circunstâncias desconhecidas realizou-se esta quinta-feira, no Hospital Senhora da Oliveira. O indíviduo residia em Vila Nova de Famalicão. Já foi autopsiado o corpo do homem que, na última madrugada, morreu, depois de ter sido encontrado em estado grave no interior da sua viatura, estacionada na berma da EN 206, em Ronfe, nas proximidades da empresa Somelos.

Aliás, Manuel Fernando Pires, de 64 anos, natural de Lousada, mas residente em Gavião, no concelho de Famalicão, foi encontrado imóvel no interior da viatura por um funcionário daquela unidade industrial.

O sexagenário ainda foi transportado com vida pelos Bombeiros Voluntários de Guimarães ao Hospital Senhora da Oliveira, onde veio posteriormente a falecer.

A autópsia realizou-se esta quinta-feira à tarde. Embora ainda não tenha sido revelado o seu resultado, a GNR de Guimarães admite que a
morte do homem terá origem natural. Mesmo assim, caso deve ser encaminhado para a Polícia Judiciária de Braga.

em Sociedade

Marcações: Sociedade

Imprimir