Museus de portas abertas em Guimarães no Dia Internacional dos Museus

No dia em que se assinala o Dia Internacional dos Museus, os Museus de Guimarães estão abertos à comunidade.

Às 11h00, no Centro Internacional das Artes José de Guimarães, Gonçalo Fonseca é o responsável pela oficina “Máquina de fazer Museus”. À mesma hora, na Casa da Memória, decorre a visita-jogo “Auxiliar de Memória”. Também na Casa da Memória, pelas 15h00, a actriz, figurinista e cenógrafa Cristina Cunha apresenta a exposição «Oficina Excêntrica», que poderá ser visitada por todos até 1 de setembro. De volta ao Centro Internacional das Artes José de Guimarães, às 17h00, o público poderá participar na visita performativa “Ponto de Fuga”, criada por Nuno Preto. A celebração do Dia Internacional dos Museus terminará com uma visita peculiar, em horário nocturno. «À noite vê-se melhor» tem partida marcada na CDMG às 21h30.

A Sociedade Martins Sarmento celebra o Dia Internacional dos Museus visitas guiadas ao longo do dia ao Museu Arqueológico Martins Sarmento e Museu da Cultura Castreja, e ainda para a actividade de radioamadorismo, durante o dia, junto à Capela de São Romão.

A Casa do Povo de Fermentões também assinala o Dia Internacional dos Museus. A efeméride vai ser comemorada este sábado com um programa marcado para o Salão Nobre da Casa do Povo de Fermentões. A partir das 15h00, actua o Coro’Encanto do Conservatório de Música de Guimarães. Segue-se a assinatura de um protocolo de cooperação entre o Museu de Agricultura de Fermentões e a Casa de Sarmento e outro entre o Museu de Agricultura de Fermentões e a Escola Profissional CISAVE. No final, é feita a apresentação pública da página web do Museu de Agricultura de Fermentões, no âmbito do Protocolo de Cooperação celebrado entre o Museu de Agricultura de Fermentões e a Universidade do Minho. Pelas 16h30, é inaugurada a exposição «Bordados de Guimarães e Oficina de Olaria de Fermentões».

Marcações: Dia Internacional dos Museus

Imprimir Email