Homem acusa bombeiro das Taipas

Um homem acusa um bombeiro da corporação das Caldas das Taipas de não ter esperado pelo final de uma consulta médica no Hospital Universitário de Coimbra. Tudo se passou no dia 6. Manuel Lopes requereu uma ambulância na corporação taipense, com vista a deslocar-se com o filho a uma consulta a Coimbra, na sequência de uma intervenção cirúrgica ao coração, que havia sido submetido a 16 de Janeiro. Segundo Manuel Lopes, quando a consulta terminou, verificou que o bombeiro não estava à sua espera.
Versão diferente tem o Presidente da Direcção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários das Taipas. José Machado diz que o bombeiro apenas foi almoçar e quando se deslocou ao hospital, o doente "já lá não estava".
Manuel Lopes tece ainda outras acusações ao bombeiro, nomeadamente de que "fuma durante a viagem o que me incomoda".
Por seu turno o Padre José Machado diz desconhecer a situação mas, "a ser verdade, não há nada que impeça isso".

em Sociedade

Marcações: Sociedade

Imprimir