Santa Casa da Misericórdia e Convívio unem esforços para acções conjuntas

A Santa Casa da Misericórdia de Guimarães e a Associação Convívio estabeleceram um protocolo de colaboração mútua. O documento foi assinado esta segunda-feira, na sede do Convívio.
O Provedor da Santa Casa da Misericórdia, Eduardo Leite, referiu que a assinatura do protocolo se insere na política de "abertura à comunidade e humanização" da centenária instituição que dirige.
O Presidente do Convívio, César Machado, salientou que a união de esforços entre duas instituições que trabalham em prol de Guimarães é "virado para fora" e possibilita os mais variados intercâmbios e a valorização da área cultural vimaranense.
De acordo com os termos do protocolo a Santa Casa da Misericórdia e o Convívio propõem-se cooperar em acções que permitam não apenas a fruição e vantagem para as duas instituições mas também a valorização do tecido social vimaranense.
Segundo o documento serão desenvolvidas iniciativas de promoção da cultura, solidariedade social e acções de formação e ainda a realização de trabalhos de investigação conjunta do interesse comum, entre outras.
A primeira iniciativa que resulta deste protocolo ocorrerá em Janeiro para assinalar a reabertura da Igreja da Misericórdia após as obras de reabilitação que decorrem neste momento.

Marcações: Santa Casa da Misericórdia de Guimarães, Convívio, protocolo

Imprimir Email