Tribunal de Contas concedeu visto ao contrato para construção de túnel aberto no desnivelamento da rotunda de Silvares

O Tribunal de Contas já concedeu o visto à "empreitada de construção do desnivelamento da rotunda de Silvares", estando reunidas as condições para a execução da tão aguardada obra.

A notícia é avançada na edição desta quarta-feira do jornal O Comércio de Guimarães, referindo-se à confirmação obtida junto do Tribunal de Contas relativamente à emissão do visto ao contrato da obra da responsabilidade da Infraestruturas de Portugal.

O início da construção do desnivelamento, em túnel aberto, foi adjudicado à empresa vimaranense Cândido José Rodrigues, devendo as obras no terreno começar previsivelmente durante o mês de Fevereiro.

O desnivelamento vai permitir uma ligação directa da auto-estrada A11 à Variante de Creixomil e, assim, facilitar a fluidez da circulação automóvel naquela zona onde os congestionamentos são frequentes nas horas de ponta. A obra envolve um investimento de 2,5 milhões de euros. O projecto inclui ainda a substituição da passagem pedonal existente nas imediações, numa solução dotada de uma ciclovia.

em Sociedade

Marcações: Infraestruturas de Portugal, Silvares, desnivelamento, Tribunal de Contas

Imprimir