Guimarães reconhecida pelas Nações Unidas como «Cidade Resiliente»



Guimarães viu o reconhecimento feito pelas Nações Unidas como sendo uma das cidades que integram a Campanha «Cidades Resilientes», na sequência do trabalho desenvolvido pelo Município no âmbito da Protecção Civil.
A Campanha é liderada pelo Escritório das Nações Unidas para Redução de Riscos de Desastres (UNDRR), mas é automotivada, centralizada e orientada pela Cidade, com o objectivo de elevar o perfil de resiliência e redução de riscos de desastres entre governos locais e comunidades urbanas em todo o mundo.

O documento, que oficializa a entrada de Guimarães nesta iniciativa da Estratégia Internacional para a Redução de Catástrofes, foi assinado pelo Presidente da Câmara Municipal, Domingos Bragança, e pela representante especial das Nações Unidas para a Redução do Riscos de Desastres, Mami Mizutori.

Guimarães assume a visão estratégica da Protecção Civil Municipal, consciente dos riscos existentes e capacitado de infraestruturas e serviços organizados para minimizar os efeitos de eventual acidente grave ou catástrofe, zelando pela protecção dos cidadãos, apoiado em instrumentos de informação e preparação, com o contributo de todos os actores da Proteção Civil Municipal. Neste âmbito, estão em curso diversos projectos e já implementadas boas práticas pelo município, que permitiram o reconhecimento do UNDRR.

Marcações: Protecção Civil, Nações Unidas

Imprimir Email