Vimágua aposta na sustentabilidade ambiental com instalação de 896 painéis fotovoltaicos

A Vimágua vai proceder esta quarta-feira, pelas 10h30, no reservatório da Pegada, em Azurém, à apresentação de investimentos realizados na ordem dos 222 mil euros, na instalação de 896 painéis fotovoltaicos, tendo por objectivo reduzir a intensidade carbónica dos edifícios afectos à sua actividade.
Em comunicado, a Vimágua fala de um investimento no âmbito das melhores práticas "em todos os domínios" da actividade daquela empresa intermunicipal tendo por objectivo combater as alterações climáticas e promover uma economia verde.

Fruto da aposta em fontes de energia renováveis, designadamente, a energia solar, com a instalação de painéis fotovoltaicos, a Vimágua segue uma linha estratégica tendo como objectivo a gradual descarbonização da sua actividade, em linha com as políticas e metas nacionais, nomeadamente, com o Roteiro para a Neutralidade Carbónica - RNC 2050 e com os desígnios ambientais dos Municípios de Guimarães e de Vizela, designadamente, com o Plano para o Desenvolvimento Sustentável de Guimarães 2030.
Ainda de acordo com a Vimágua, nesta altura estão instalados sistemas fotovoltaicos no Reservatório das Minas da Penha, na freguesia da Costa, na Estação de Tratamento de Água de Gondomar, no edifício sede da Vimágua, na Estação de Tratamento de água de Sta. Eufémia de Prazins e no Reservatório da Pegada, representando, no seu total, uma potência instalada de 271 Kwh. A energia produzida por estes sistemas fotovoltaicos é injectada nos quadros eléctricos e auto-consumida em toda a instalação eléctrica dos respectivos edifícios.

Através desta aposta, a Vimágua reduz a emissão de CO 2 em 97 toneladas por ano, sendo que o investimento realizado terá um prazo de amortização média de cinco anos, fixando-se a poupança anual, na factura energética da Vimágua, em cerca de 45 mil euros, libertando recursos financeiros para outros investimentos.

Marcações: Vimágua

Imprimir Email