Centro Histórico mais limpo

Depois de Guimarães ter visto galardoado pela Unesco o seu Centro Histórico, a palavra de ordem é preservar o legado arquitectónico. A Câmara Municipal de Guimarães tem feito, nos últimos tempos, uma
campanha de sensibilização junto dos seus habitantes, com vista a conservar e defender a sua jóia da coroa. Uma conservação que passa, também, pela limpeza do espaço. A Câmara Municipal de Guimarães começou por dar o exemplo da importância da limpeza no Centro Histórico vimaranense. Recentemente, reforçou o pessoal permanente e adquiriu um veículo especial para a lavagem das suas ruas e praças. Para que o trabalho de limpeza da zona seja mais eficaz, a Edilidade pede a colaboração e responsabilização de todos, particularmente
dos que aí residem e trabalham. Uma colaboração que pode advir de várias acções, nomeadamente da separação dos resíduos e da utilização correcta dos sacos de lixo.
À componente de reabilitação dos seus edifícios, junta-lhe a limpeza exterior, até porque impera a ideia de que a primeira impressão de qualquer local se prende com o asseio das suas ruas e dos espaços verdes.

em Sociedade

Marcações: Sociedade

Imprimir