Desconfinamento em Guimarães: escolas, creches, museus e estabelecimentos de restauração reabrem esta segunda-feira

A Câmara Municipal de Guimarães anunciou o início de uma nova fase do plano de desconfinamento do Concelho.

Em comunicado, a Autarquia assinala que a partir desta segunda-feira, está prevista a abertura dos Estabelecimentos de Restauração e Bebidas, de acordo com as normas do Governo e cumprindo as indicações da Direção Geral da Saúde. 

Em Guimarães, será já permitida a ocupação de Espaço Público com esplanadas e o Executivo Municipal vai votar a proposta de aumento das áreas permitidas para instalação de esplanadas, até um máximo de 100% do espaço licenciado e a isenção do pagamento das taxas. 

O Município de Guimarães procedeu, entretanto, à distribuição do material de proteção destinado aos estabelecimentos de restauração e bebidas, em articulação com a Associação de Hotelaria Vimaranense.

No âmbito do plano de desconfinamento municipal, retomam a actividade os Pequenos Mercados de Venda de Produtos Alimentares nas Feiras Retalhistas, sendo que a entidade gestora (Junta de Freguesia) deve elaborar e fazer cumprir um conjunto de medidas de acordo com as recomendações da DGS.

Nas Taipas reabre já esta segunda-feira o mercado de venda de produtos alimentares, com acesso condicionado à lotação máxima de 5 pessoas por cada 100 metros quadrados e ao uso de obrigatório de máscara.

No âmbito da educação, conforme o Plano de Desconfinamento anunciado pelo Governo, serão retomadas as aulas presenciais dos 11º e 12º anos de escolaridade, para frequência das disciplinas com exame nacional de acesso ao ensino superior. O Município distribuiu pelas escolas secundárias do Concelho material de proteção e procedeu-se à desinfecção dos espaços.

Esta segunda-feira decorre ainda a abertura das creches em todo o país, no âmbito do plano de regresso à normalidade, tendo a Câmara Municipal de Guimarães em articulação com o Ministério da Segurança Social e a Cruz Vermelha efetuado testes de rastreio à Covid-19 para todos os colaboradores (pessoal docente e não docente).

Está definido ainda a abertura dos lares de idosos às visitas de familiares. Segundo a orientação da DGS, as instituições devem ter um plano para a operacionalização das visitas, com agendamento prévio, cumprir a respectiva higienização das mãos e o respeito pelo distanciamento físico face aos utentes, de pelo menos dois metros. Numa primeira fase, cada utente deverá ter apenas um visitante, uma vez por semana, e as visitas terão limite de duração, não devendo exceder os 90 minutos.

A partir desta segunda-feira reabrem ainda o Castelo, o Paço dos Duques de Bragança e o Museu de Alberto Sampaio, com normas restritivas em relação às visitas e horários.

"As medidas assumidas pelo Município de Guimarães procuram corresponder à necessidade de retoma da prestação de serviços públicos em condições que não prejudiquem a contenção da pandemia, pelo que a sua manutenção, restrição ou expansão ficarão sempre condicionadas à evolução da situação epidemiológica local, ao parecer da Comissão Municipal de Protecção Civil e às orientações nacionais pertinentes que se venham a suceder", refere o comunicado da Autarquia.

em Sociedade

Marcações: Guimarães, escolas, lares, desconfinamento

Imprimir