Suspeitos de tráfico de droga detidos em Vila Nova de Famalicão vão ser presentes para interrogatório no Tribunal de Guimarães

Os oito homens detidos em Vila Nova de Famalicão numa operação policial de combate ao tráfico de estupefacientes vão ser presentes esta quarta-feira a primeiro interrogatório no Tribunal de Guimarães.

A operação desencadeada pelo Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Barcelos, decorreu durante de ontem, culminando com a detenção de oito homens, com idades compreendidas entre os 23 e os 45 anos.

Os militares da Guarda derem cumprimento a sete mandados de detenção fora de flagrante delito e um em flagrante delito, por posse de estupefacientes e posse de armas ilegais.

Foi dado cumprimento a 31 mandados de busca, nove domiciliários, 21 em veículos e num armazém.

Da operação resultou a apreensão de 830 doses de haxixe, 114,5 doses cannabis, 10 doses de heroína, sete doses de cocaína, cinco pés de plantas cannabis sativa, quatro armas de fogo, 43 munições de vários calibres, uma faca de cozinha e tábua com vestígios de corte de estupefaciente, uma balança digital, cinco telemóveis, dois veículos ligeiros furtados e 7 mil 485 euros em numerário.

Em comunicado, o Comando Distrital da GNR indica que os detidos têm antecedentes criminais por tráfico de estupefacientes, furtos e roubos.

A operação contou com o reforço do Grupo de Intervenção de Ordem Pública (GIOP) da Unidade de Intervenção (UI) e Destacamento de Intervenção (DI) do Porto, da estrutura de investigação criminal dos comandos territoriais de Braga e do Porto, do Destacamento Territorial de Barcelos e com o apoio da Polícia de Segurança Pública (PSP), totalizando 110 elementos.

em Sociedade

Marcações: GNR, Tribunal de Guimarães, detidos, tráfico de estupefacientes

Imprimir