GUALTERIANAS: Obreiros da Marcha mostram réplicas dos principais monumentos de Guimarães

As Festas da Cidade e Gualterianas terminam hoje. A edição de 2020 ficou marcada pela necessidade de adoptar o programa às restrições da pandemia, com a realização de exposições que permitem constatar a dimensão dos festejos.

Nos jardins da Alameda de São Dâmaso, os obreiros da Associação Recreativa da Marcha Gualteriana mostram peças que integraram os carros alegóricos em edições anteriores, podendo ser apreciadas réplicas de monumentos e símbolos da Cidade.

«Assim nasce uma paixão» tem sido a peça mais procurada e permite uma experiência fotográfica com os símbolos do Vitória e da cidade de Guimarães.

exposicao_gualterianas_2020_1.jpg exposicao_gualterianas_2020_10.jpg exposicao_gualterianas_2020_11.jpg

exposicao_gualterianas_2020_12.jpg exposicao_gualterianas_2020_13.jpg exposicao_gualterianas_2020_14.jpg

exposicao_gualterianas_2020_15.jpg exposicao_gualterianas_2020_16.jpg exposicao_gualterianas_2020_2.jpg

exposicao_gualterianas_2020_3.jpg exposicao_gualterianas_2020_4.jpg exposicao_gualterianas_2020_5.jpg

exposicao_gualterianas_2020_6.jpg exposicao_gualterianas_2020_7.jpg exposicao_gualterianas_2020_8.jpg

exposicao_gualterianas_2020_9.jpg


em Sociedade

Marcações: Guimarães, Gualterianas

Imprimir