Segurança Social promete combater fraudes nas baixas médicas

O combate às baixas médicas fraudulentas continua a ser uma prioridade do Centro Distrital de Braga de Solidariedade e Segurança Social. No ano passado, o serviço responsável pela verificação das baixas médicas da Segurança Social de Braga, expediu 26.763 convocatórias para observar a pertinência da incapacidade, tendo sido
concretizadas 16 mil 707.
Os números permitem também conhecer que 6.915 pessoas receberam alta, antes de serem submetidas ao controlo, e 3.141 nem sequer compareceram.
Estes resultados, "reflectem a eficácia das acções de verificação", segunda António Ramalho.
Com recurso à tecnologia informática, o cruzamento de informações tem
permitido detectar muitas irregularidades. Uma situação que tem permitido baixar as despesas do Estado face à detecção de baixas médicas falsas.
Em função dos resultados obtidos, o Director do Centro distrital de Solidariedade e Segurança Social de Braga promete continuar o combate às baixas médicas irregulares.

em Sociedade

Marcações: Sociedade

Imprimir