Tribunal de Guimarães declarou insolvência do Spinpark

O Tribunal de Guimarães declarou a insolvência do Spinpark, o Centro de Incubação de Base Tecnológica instalado no Avepark, na freguesia de Barco.
Na sequência desta decisão as nove empresas instaladas no Spinpark já foram informadas pela Administradora Judicial, de que têm 30 dias para sair das instalações.

Esta situação apanhou de surpresa vários agentes económicos da região, nomeadamente os empresários que estranham ter sido informados da decisão judicial em meados de Setembro sendo certo que a insolvência foi declarada pelo Tribunal de Guimarães no mês de Agosto, altura em que o Spinpark passou a ser gerido por uma Administradora nomeada pelo Tribunal.
Nesta altura os empresários afectados tentam encontrar instalações para prosseguiram as suas actividades.

Segundo a Universidade Minho a insolvência surgiu no contexto de uma "situação muito grave" da Spinpark que "incluía a impossibilidade de viabilizar o PER em vigor".
Num esclarecimento escrito ao Grupo Santiago, a UMinho considera a insolvência um desfecho "inevitável face à grave situação financeira", no quadro do "respeito absoluto por critérios de boa gestão, salvaguardando o interesse público". Mais acrescente que até à data da insolvência, a UMinho "honrou os compromissos" com as trabalhadoras da Spinpark, acrescentando estar "sensível às dificuldades das empresas" estando "sempre disponível para encontrar alternativas".
Fonte da Câmara Municipal disse que o Município está disponível para "encontrar respostas que possam atender às dificuldades das empresas instaladas no Spnipark"

O Spinpark - Centro de Incubação de Empresas foi criado pela Universidade do Minho e instalado no Avepark, em 2006, para apoiar o nascimento de empresas tecnológicas ligadas à universidade antes de se lançarem no mercado. As dificuldades económicas sentido em 2016 estiveram na origem do recurso do Spinpark a um Plano Especial de Revitalização, numa altura em que apresentava dívidas superiores a dois milhões de euros e um passivo de oito milhões.


Marcações: Spinpark

Imprimir Email