Laboratório da Paisagem integra projecto que promove a economia circular no sector do turismo

O Laboratório da Paisagem viu aprovado financiamento comunitário, na qualidade de parceiro do projecto «Greentour – Economia Circular e Turismo Sustentável nos destinos da zona SUDOE». O referido projecto foi aprovado em Outubro pelo Comité de Programação do Programa de Cooperação Interreg VB Sudoeste da Europa (SUDOE) e será executado até Fevereiro de 2023.
O consórcio é liderado pela Escola Superior de Comércio Internacional da Universidade Pompeu Fabra (Espanha) e conta com parceiros dos três países que compõem o espaço SUDOE (França, Espanha e Portugal).

Os parceiros espanhóis são a Fundação Camino Lebaniego, da Universidade da Cantábria, Lloret Futur S.A., Fundação Centro Tecnológico para a Eficiência Energética e a Sustentabilidade e a Diputación de Pontevedra. A França é representada por Aubvergne-Rhône-Alpes Tourisme, enquanto que Portugal está também representado pela Universidade de Aveiro.
O projecto visa promover a economia circular no sector do turismo, melhorar os métodos de gestão do património natural e cultural dos espaços naturais, conservar e proteger o ambiente, e promover a eficiência dos recursos através da implementação de redes de experimentação conjuntas.

A «Greentour» propõe o desenvolvimento de metodologias e acções que promovam a economia circular no sector do turismo à escala transregional, a inovação científica e metodológica através de um sistema de rotulagem ambiental com perspectiva de ciclo de vida para avaliar os impactes ambientais causados pela atividade turística num destino, para além das variáveis económicas e sociais e promoção da cooperação inter-regional na área SUDOE. Além disso, este novo projecto europeu propõe-se a criar alianças entre destinos turísticos, muitos deles com locais classificados como património UNESCO, em Espanha, França e Portugal.

O objectivo principal é avançar para um novo modelo ambiental, económico e social, em que simultaneamente se informa o consumidor e se obtém o seu compromisso com o ambiente no qual se desenvolve a actividade turística. O projecto tem um orçamento superior a 1.700 mil euros, dos quais 75% são financiados com fundos FEDER.

Marcações: Laboratório da Paisagem, turismo, economia circular, Greentour

Imprimir Email