VÍDEO: Há 52 anos António resgatou do Rio Ave, em Campelos, pai e dois filhos menores

Esta é uma história real com 52 anos. Um feito heróico ocorrido em Campelos, na freguesia de Ponte. Foi protagonista o então jovem de 20 anos António. Estava-se a meio do dia 28 de Abril de 1968. António estava em casa, na margem do rio Ave, na pausa de trabalho para almoço quando ouviu gritos de aflição. Gritos de socorro de uma mãe que clamava por ajuda para salvar dois filhos e o marido das águas do rio Ave. António não hesitou e atirou-se à água para salvar da morte pai e dois filhos menores.

António de Freitas Fernandes, hoje com 72 anos, regressou ao local dos acontecimentos. Recordou os tempos de operário na Companhia de Fiação e Tecidos de Guimarães e escuteiro do Grupo 132 de Campelos do Corpo Nacional de Escutas. O salvamento que protagonizou foi notícia de jornal, nas páginas d'O Comércio de Guimarães e o feito de António mereceu distinção da Junta Central do CNE Nacional com a atribuição da «Cruz de Agradecimento» em ouro.

O curso da vida separou os vizinhos protagonistas desta história. António casou e mudou-se para S. Martinho de Candoso. Quanto aos vizinhos que salvou das águas do rio Ave, a emigração levou-os para a Alemanha. Muitos anos mais tarde, a teia com que se coze a vida permitiu o reencontro emocionado de António com o menino que resgatou para a vida há 52 anos:

52 anos depois do seu acto heróico, António não consegue esconder a emoção dos momentos que protagonizou porque, como confessa, um dia como aquele "nunca mais se esquece na vida".


Marcações: Rio Ave, Campelos, António Fernandes, salvou, pai e dois filhos menores

Imprimir Email