«100 cães do CRO de Guimarães para a Dinamarca»

A propósito da publicação da notícia sobre o envio de cães do CRO de Guimarães para a Dinamarca, recebemos da Presidente da Sociedade Protectora dos Animais de Guimarães, Rosário Pereira, o seguinte esclarecimento:

"Exmos. Senhores,
Venho por este meio usar do direito de resposta que me assiste para, em meu nome e em nome da Sociedade Protectora dos Animais de Guimarães, corrigir as seguintes declarações: Onde se lê:
“Aquela responsável (Rosário Pereira) esclarece ainda que as despesas em causa são suportadas pelas associações congéneres e os adoptantes, sendo que no caso de Guimarães revertem para a instituição que dirigem”.

É falso que a SPAG recebe quantias para enviar os animais para a Dinamarca, porquanto os valores recebidos são a título de pagamento dos exames médicos, efectuados a pedido dos adoptantes e dos quais existe a correspondente factura. O que expliquei foi que as despesas em causa são suportadas pelas associações congéneres e os adoptantes tendo dado como exemplo o nosso caso, enquanto SPAG, que sempre pediu aos adoptantes que pagassem, a um custo mais baixo, a esterilização das fêmeas canídeas, no valor de 80€, assim como o chip e a vacina
da raiva no valor de 20€.

Onde se lê, na caixa em que a Câmara presta o seu esclarecimento à situação quando diz:
“Quanto aos valores envolvidos nessa prática, revertem para a Sociedade Protectora dos Animais de Guimarães, sendo esta uma forma de apoiar a instituição vimaranense”.

Quero acreditar que há aqui um mal entendido por parte desta instituição e de quem
informou a comunicação da Câmara, pois nunca a Câmara foi informada, dessa recepção de valores. A SPAG é ressarcida sim, por parte da associação dinamarquesa, dos valores dos exames que nos pede para fazer. De notar que estes animais têm muitas vezes babesia, giárdia, etc., fruto do espaço onde vivem. Este canil Municipal não tem saneamento mas sim uma fossa séptica que ajuda a estes contínuos contágios. Existem facturas a comprovar este procedimento, que serão apresentadas às entidades competentes".


Marcações: cães, spag, Dinamarca

Imprimir Email