Comité da Estrutura de Missão Guimarães 2030 defende reforço de comunicação e envolvimento da população



O Comité de Acompanhamento Externo da Estrutura de Missão Guimarães 2030 defendeu a necessidade de reforçar a comunicação e o envolvimento da população no processo de construção de um território mais verde e sustentável.
Em declarações à comunicação social no final da reunião, Domingos Bragança referiu que os Conselheiros manifestaram satisfação pelo trabalho desenvolvido que deve envolver cada vez mais os cidadãos.

Na reunião realizada no Laboratório da Paisagem esta segunda-feira e onde se fez representar, pela primeira vez, a Unidade da Universidade das Nações Unidas, foi ainda aconselhada a valorização do papel das juntas de freguesias e brigadas verdes que "devem ser dotadas de conhecimento científico na sua actuação", em resultado do contributo das entidades de ensino superior que integram a Comissão.

Na reunião e ainda segundo o Presidente da Câmara, foi ainda sublinhado o objectivo Municipal de construir um eco parque industrial que aposte "na economia circular e que seja exemplo através de empresas competitivas, de boas práticas ambientais, que produzam conhecimento e remunerem bem os seus trabalhadores".

Na reunião foram também abordados temas como o processo de transformação digital e a defesa dos cursos de água. A este propósito, Domingos Bragança destacou que "não se pode defender uma estratégia e o envolvimento dos cidadãos na defesa dos nossos rios quando entidades públicas como a Águas do Norte poluem os rios, ainda que involuntariamente". O Presidente da Câmara realça que aquela empresa "já percebeu que tem de estar connosco neste processo", estando a promover os estudos para realizar os investimentos necessários. 

Neste contexto, Domingos Bragança considera fundamental a construção de uma forte consciência cívica e ambiental, garantindo que nada o desmotivará neste processo de construção de um Município «mais verde e sustentável" apesar de se tratar de um processo complexo.
"Sou entusiasta desta estratégia que é exigente e requer respostas integrais. Enquanto tiver responsabilidades Municipais, não vou esmorecer deste desígnio como é a construção de um Concelho mais sustentável", concluiu.


Marcações: Comité da Estrutura de Missão Guimarães 2030

Imprimir Email