VÍDEO - Descendentes de antigo proprietário do Palacete das Hortas entregam diário com 200 anos

O Palacete das Hortas tem mais de 200 anos e há um diário que o comprova. Nelson Garcia veio a Guimarães conhecer as suas origens, particularmente o Palacete que pertenceu aos seus familiares. A árvore genealógica mostra que a descendência deste ilustre médico brasileiro natural do Rio de Janeiro, vem da família Felgueiras que outrora foi proprietária do monumento erigido em meados do séc. XVIII. 
João Baptista Felgueiras, nascido em Guimarães em 1790, foi quem adquiriu o Palacete. Este distinto vimaranense esteve ligado ao Direito e à política. Fidalgo-cavaleiro da Casa Real, secretário das primeiras Cortes Constituintes, Ministro da Justiça, ministro e secretário de Estado honorário e primeiro procurador-geral da Coroa. 
À sua morte em 1848, o Palacete das Hortas viria a sofrer um incêndio e desconhece-se quem terá sido o posterior proprietário.
Nelson Garcia é filho de Idalina Felgueiras, neto de José Baptista Felgueiras e, portanto, descendente de Mariano Felgueiras e João Baptista Felgueiras.
O médico decidiu entregar o diário que tem relatos da família real portuguesa, de Guimarães e do passado do Palacete das Hortas ao actual proprietário Fernando Braga.

 


Imprimir Email