Ivo Vieira sobre Liga Europa: "São questões que têm de colocar à Administração"



O treinador do Moreirense, Ivo Vieira, esteve na sala de imprensa do Parque de Jogos Comendador Joaquim de Almeida Freitas esta sexta-feira, para abordar o jogo com o Vitória de Setúbal, mas não só. O técnico comentou as notícias que dão conta da impossibilidade do Moreirense disputar as competições europeias na próxima temporada, mesmo que termine o campeonato no 5.º lugar, e voltou a falar sobre o caso Rúben Lima.

Jogo com o Vitória de Setúbal: “Equipas que estão nesta situação como o nosso adversário sentem mais responsabilidade. Nós estamos preparados e conscientes das dificuldades que vamos encontrar diante de uma equipa muito competitiva, muito alta, que tem jogadores fortíssimos na procura de espaços. Temos de fazer um jogo quase perfeito para conseguir amealhar pontos, porque o Vitória de Setúbal é uma equipa forte, competitiva, intensa. Temos de ser muitíssimo fortes na abordagem ao jogo para conseguir tirar um resultado positivo."

Comentário às notícias que dão conta de que o processo de inscrição para as competições europeias pode não ser validado: “Até este momento não tenho nenhuma confirmação dessa situação. É uma questão que tem de ser direccionada à própria SAD, não me diz muito respeito. Nós vamos lutar pelo lugar que ocupamos neste momento, para no mínimo mantê-lo. Tenho consciência que vai ser difícil, mas temos esperança pelo que valemos."

Teme que possa mexer com a equipa?: “Não, não temo. Tenho uma função muito bem definida, preparar os jogadores para os jogos e fazer com que sejam melhores a cada dia. São questões que têm de colocar à Administração."

Para o treinador não será frustrante?: “Tenho um passado difícil, lutei muito para estar onde estou. O que acontece diariamente não são surpresas, já estou calejado em todos os momentos da vida. Nada que possa acontecer vai abalar-me ou preocupar-me. Tenho que motivar os jogadores, prepará-los, fazer com que sejam competitivos. É nisso que estou focado.”

Não abala a motivação que quer incutir aos jogadores?: “A minha função é fazer com que não abale. A minha função é motivar os jogadores, mantê-los focados, fazer com que isto passe ao lado. A mim não me vai abalar, vou lutar da mesma forma, vou continuar a acreditar na nossa responsabilidade. Isso a mim basta-me."

Que reação espera dos adeptos a esta situação?: “Não sei. Só consigo controlar o que está ao meu alcance, debaixo da minha alçada. Os sócios, os adeptos, aqueles que gostam realmente do Moreirense têm direito a expressar-se da forma que entenderem. São sentimentos que não posso controlar. Não vou abraçar uma causa dessas juntamente com os mesmos, porque tenho de ser uma pessoa equilibrada e a função que tenho é a de procurar realizar o melhor trabalho possível. Não posso misturar esse tipo de sentimentos, porque podemos deitar muita coisa a perder e eu acredito que nós temos muita coisa a ganhar neste campeonato.
É normal perceber o sentimento dos adeptos, poderão ficar insatisfeitos ou defraudados com esta questão. Mas, é uma questão que não me diz respeito. Vou lutar para fazer o melhor pelo Moreirense até ao fim do meu contrato, para ter a consciência tranquila. A vida do Moreirense são os jogadores, que estão de passagem, e os adeptos que só com eles é que faz sentido existir. Eles são a força da instituição, defendem as cores do Moreirense, apoiam em todos os momentos. Estamos sempre juntos com eles, estamos sempre na mesma luta, vamos ver até onde vai."

Rúben Lima voltará a ser opção antes do fim da época, ou não pode mesmo contar mais com ele?: “Fizeram-me essa questão na semana passada, respondi muito frontalmente. A situação mantém-se igual. É um capítulo fechado, que não quero alimentar mais."

Teme que haja mais jogadores que não queiram renovar e que isso implique no seu trabalho: “Até ao momento não se põe. Existe a situação do Rúben, se houver outras no futuro falaremos sobre as mesmas. Não posso fazer futurologia e pensar no que vai acontecer ou se haverá um volte face."

Marcações: Moreira de Cónegos, Moreirense Futebol Clube, Ivo Vieira

Imprimir Email