Tribunal de Guimarães adiou início de julgamento de morte de mulher à facada



O Tribunal Judicial de Guimarães adiou esta segunda-feira para o dia 20 de Abril o início do julgamento da morte de uma mulher, à facada, em Abril do ano passado, em Fermentões.
O adiamento ficou a dever-se à falta de documentos necessários para a realização do julgamento, nomeadamente o relatório pericial sobre a personalidade psíquica do arguido.
No banco dos réus senta-se um homem de 53 anos, acusado de matar Maria José da Silva Dias, de 46 anos. O arguido provocou ainda ferimentos em mais duas pessoas.
O arguido está acusado de um crime de homicídio qualificado, um crime de homicídio qualificado na forma tentada, dois crimes de ofensa à integridade física qualificada..

Marcações: Fermentões, homicídio, julgamento, facadas

Imprimir Email