Empresário vimaranense dá 'tolerância de ponto' a adeptos do Vitória para assistirem ao jogo com o Arsenal



O empresário vimaranense Rui Machado, presidente do Pevidém Sport Clube, revelou que vai conceder tolerância de ponto aos cerca de 250 funcionários de uma das suas empresas, para que estes possam assistir ao jogo entre Vitória e Arsenal, da 4.ª jornada da Fase de Grupos da Liga Europa. Trata-se de uma medida de protesto pelo facto do encontro ter sido agendado pela UEFA para uma quarta-feira, dia 6 de Novembro, pelas 15:50 horas.

Recorde-se que a SAD vitoriana procurou sensibilizar a UEFA para que o encontro pudesse ser remarcado para o dia seguinte, 7 de Novembro, nos horários habituais da Liga Europa, mas o organismo que tutela o futebol europeu mostrou-se irredutível e manteve a data inicialmente prevista.

Por forma a garantir que os funcionários da empresa Bestitch, que tem sede em Lordelo e pólos em S. Jorge de Selho, Gondar e Urgeses, possam assistir ao jogo, Rui Machado revelou que lhes irá comunicar que terão 'tolerância de ponto' das 15h00 às 18h45 do dia 6 de Novembro. Para usufruírem dessa medida, os empregados daquela empresa têxtil terão de apresentar o bilhete para o jogo, além do cartão de sócio com as quotas em dia.

Mostrando-se convencido que "muitos" empresários "tomarão a mesma medida", Rui Machado, confesso adepto do Vitória, disse ao Grupo Santiago que esta decisão surge "em forma de protesto" contra quem gere o futebol nacional, mas também contra "a Administração Interna do nosso país."

Marcações: Vitória Sport Clube, Rui Machado, UEFA, sócios, Liga Europa

Imprimir Email