Câmara de Guimarães vai anular e suportar aumento previsto do tarifário da Vimágua

A Vereação Municipal vai discutir e votar na sua reunião de segunda-feira uma proposta que anula a decisão tomada na sessão anterior sobre o tarifário da Vimágua para o próximo ano. A nova proposta anula o agravamento de 2,98% da taxa de saneamento cobrado à Vimágua pela Águas do Norte.


De acordo com a nova proposta, enquanto persistir o actual surto pandémico a Câmara Municipal "deve continuar a fazer tudo o que estiver ao seu alcance no sentido de evitar qualquer aumento de encargos para a generalidade dos Munícipes, independentemente do seu montante".

Em consequência desta decisão uma outra proposta aponta para a atribuição de um subsídio à exploração da Vimágua, no valor correspondente à estimativa da redução da receita, no valor de 270 mil euros.

A proposta tinha sido aprovada apenas com os votos do PS.


Marcações: Vimágua, tarifário

Imprimir Email