Covid-19: Ex-Reitor da UM António Cunha preside ao Gabinete de Crise para a Economia

O ex-Reitor da UMinho, António Cunha, aceitou o convite do Presidente da Câmara de Guimarães para Presidente Executivo do novo Gabinete de Crise para a Economia.
A crise económica provocada pela pandemia da Covid-19 é o tema da reunião do Conselho Consultivo para a Economia que terá lugar na próxima segunda-feira, às 15h30, por videoconferência.
Numa reunião subordinada ao tema «Pandemia e crise económica», vão ser discutidas medidas para enfrentar os efeitos desta crise.

Segundo o Presidente do Município de Guimarães o Gabinete de Crise criado, com a liderança executiva do Professor António Cunha, "será uma alavanca fundamental para a coordenação de todos os esforços, europeus, nacionais e locais, para o relançamento da economia do nosso território concelhio. Partirá, na sua constituição, de múltiplos olhares sobre esta situação pandémica que vivemos. Este Gabinete de Crise terá a competência de avaliar, reavaliar, passo a passo a situação da pandemia nas suas múltiplas dimensões: saúde, social, comunitária, sendo que todas vão desembocar no estado da economia e vão condicionar o futuro de todos. Acompanhará ainda todas as medidas do governo e da União Europeia, propondo-lhes ajustamentos e novas medidas, criando sinergias locais que permitam aos Vimaranenses conseguir captar estes apoios para em conjunto resistirmos ao presente e, planearmos, prepararmos, o futuro. Terá ainda a função de propor ao Município medidas adicionais, locais, nos casos onde não haja resposta central ou esta seja manifestamente insuficiente”, refere Domingos Bragança em comunicado emitido pelo Município.

Tendo em conta a importância deste Gabinete de Crise e a necessidade de se afirmar a Região, o Presidente da Câmara Municipal de Guimarães já anunciou a disponibilidade de alargar o Gabinete de Crise aos restantes municípios da Comunidade Intermunicipal do Ave e Cávado, abrangendo assim os municípios do Quadrilátero Urbano, com a participação de empresários de todos os sectores económicos.


Marcações: António Cunha , covid-19, Gabinete de Crise para a Economia

Imprimir Email