VÍDEO: Projecto urbanístico que vai acrescentar cidade a Guimarães decorre em ritmo acelerado

As obras do projecto urbanístico promovido pela HJF Imobiliária SA, entre a Avenida D. Afonso Henriques, Rua da Caldeiroa e a Rua Colégio Militar, decorrem em ritmo acelerado.

Depois das demolições que se iniciaram em Março, as obras encontram-se nesta altura na fase de remoção de terras. Trata-se de uma operação que começa a desenhar um projecto que vai acrescentar cidade à cidade.
No local já é possível começar a perceber o traçado de novas vias, nomeadamente uma que vai ligar a Avenida D. Afonso Henriques à Rua Colégio Militar e outra que fará a ligação entre a Rua da Caldeiroa e a Rua Eduardo Manuel de Almeida.



No âmbito do projecto também já se iniciou a remoção de terras para a construção de um supermercado da cadeia Mercadona, de média dimensão, que será instalado num edifício que será construído paralelamente à Rua Colégio Militar. O novo supermercado que vai ser edificado num terreno de 7.500 metros quadrados. O espaço comercial terá cerca de 4.000 metros quadrados, consagrando um parque de estacionamento com 200 lugares.

O projecto contempla também a construção de 17 lotes de habitação.
É a profunda transformação de um quarteirão com uma área de cerca de 6 mil m2 outrora agrícola e com unidades industriais e que agora se reinventa com um projecto que promete imprimir nova dinâmica social e económica à cidade de Guimarães.


Marcações: projecto urbanístico

Imprimir Email