Curtir Ciência de Guimarães assinala cinco anos com «Conversas Fora da Caixa»

O Curtir Ciência – Centro Ciência Viva de Guimarães organiza, entre Dezembro deste ano e Novembro de 2021, um ciclo de conversas em torno dos mais diversos temas – da religião ao cinema, passando pela poesia e pela política. Temas que não estão, à primeira vista, ligados com a vertente científica. É nesta aparente desconexão que está a razão de ser do título geral deste ciclo.

Em comunicado, o Curtir Ciência «Conversas Fora da Caixa» sublinha que a iniciativa quer ser mais do que um ciclo de debates ou palestras, seguindo antes um modelo em que pontifica, além do convidado de cada encontro, um “facilitador” de conversa, dando igualmente espaço a intervenção do público (nos casos em que ele existir).

Este ciclo, esclarece Sérgio Silva, Director Executivo do Curtir Ciência, começou a ser preparado no final de 2019 para arrancar no início deste ano, mas “a nossa intenção esbarrou no obstáculo chamado Covid-19”. Por outro lado, adianta, como persiste o contexto pandémico, os encontros seguirão um figurino misto: uns terão realização no palco digital, sem público; outros decorrerão “ao vivo” e com público, sempre que as condições o permitirem e especialmente se as restrições por motivos de saúde forem entretanto levantadas.

O ciclo, com periodicidade mensal, começou na passada quinta-feira, data do quinto aniversário do Centro Ciência Viva de Guimarães. Para o encontro inaugural a conversa teve como convidado Paulino Carvalho, responsável pela paróquia de Nª Srª da Oliveira, subordinada ao tema geral «Natal em tempo de pandemia».

“A intenção deste ciclo”, conclui Sérgio Silva, “passa por incentivar a troca de ideias. Queremos recuperar o hábito dos chamados “café com ciência”, mas acima de tudo explorar as ligações que podem existir entre a Ciência e outras áreas do nosso quotidiano”.

Marcações: Curtir Ciência, Conversas fora da caixa, cinco anos

Imprimir Email