Presidente da Câmara destaca papel da Irmandade na abertura do ciclo «Olhares sobre S. Torcato»



O Presidente da Câmara destacou o papel da Irmandade de S. Torcato na preservação da identidade local e concelhia. Domingos Bragança falava na sessão de abertura da iniciativa «Olhares sobre S. Torcato», organizada pela Irmandade e que teve início este sábado.

Para o Edil vimaranense, a iniciativa é "digna de aplauso porque procura investigar  e compliar conhecimento, construindo ainda mais acervo para esta centenária instituição". O Presidente da Câmara salientou ainda a importância do trabalho científico que vai ser revelado durante o ciclo de conferências organizadas pela Irmandade que "ajuda a densificar e a robustecer o conhecimento sobre o passado, ao mesmo tempo que ajuda a projectar o futuro". Domingo's Bragança haveria de anunciar o apoio Municipal à edição impressa das comunicações " Olhares sobre São Torcato".

Na mesma sessão o Juiz da Irmandade, Paulo Novais, lembrou e elogiou o papel de todos quantos ao longo dos tempos souberam engrandecer o nome de S. Torcato pelo trabalho desenvolvido ao serviço da Irmandade, destacando a sua dimensão cultural. "A Irmandade tem sido ao longo dos tempo o baluarte de S. Torcato", destacando o seu património, desde logo o Mosteiro mas também o Museu e as manifestações culturiais que promove anualmente, nomeadamente a Romaria Grande e a Feira dos 27.

"O nosso passado é revelador da qualidade das pessoas que estiverm ao serviço desta Irmandade, gente de boa vontade, diria mesmo, gente que conseguiu o «milagre» de atrair ao longo dos tempos tanta gente a S. Torcato, tendo como centro a vida e a obra de S. Torcato", salientou.

A primeira conferência do ciclo «Olhares sobre S. Torcato» decorreu sob o tema «São Torcato: Bispo, Mártir, Santo do Povo».

Marcações: S. Torcato, Irmandade de São Torcato, olhares

Imprimir Email