Indivíduos de Guimarães acusados dos crimes de furto de veículo e em estabelecimentos comerciais em prisão domiciliária



Vão aguardar julgamento em prisão domiciliária os dois indivíduos de Guimarães, acusados dos crimes de furto de veículo e em estabelecimentos comerciais.
Os detidos, de 40 e 47 anos, são suspeitos de furtarem um veículo de marca Honda Civic de cor preta e assaltarem estabelecimentos comerciais em Famalicão e Braga.

De acordo com a GNR do Sameiro, os detidos furtaram a referida viatura em Guimarães tendo-se deslocado depois para Famalicão onde assaltaram um estabelecimento de restauração e bebidas. Posteriormente seguiram para a zona de Braga, onde efectuaram um novo furto num estabelecimento similar, na freguesia de Escudeiros. No centro da cidade de Braga furtaram um segundo veículo, que abandonaram pouco tempo depois, em virtude de possuir pouco combustível, acabando por furtar uma terceira viatura.
Após a denúncia dos furtos registados, militares da GNR iniciaram diligências, tendo detectado, na freguesia de Este, concelho de Braga, os suspeitos a circular na viatura furtada. De imediato a viatura foi interceptada e dois indivíduos detidos.

No veículo encontravam-se artigos furtados, tendo sido recuperados 500 euros em numerário, nove maços de tabaco, uma televisão, uma gaveta de uma máquina registadora, peças de uma máquina de tabaco, um martelo, uma chave de fendas e um alicate, supostamente utilizados nos furtos. Foi também apreendida uma arma branca.
Os detidos foram presentes ao Tribunal Judicial de Braga. Após ouvidos em 1º interrogatório no Tribunal Judicial de Braga, foi-lhes aplicada a medida de coação de prisão domiciliária, tendo recolhido ao Estabelecimento Prisional de Braga até lhes serem colocadas as pulseiras eletrónicas.

Marcações: GNR, furto de veículos

Imprimir Email