Município de Guimarães aderiu ao Pacto para a Conciliação



A Câmara Municipal de Guimarães aderiu ao Pacto para a Conciliação, um projecto piloto da iniciativa do Governo no âmbito do «3 em Linha – Programa para a Conciliação da Vida Profissional, Pessoal e Familiar», numa sessão que decorreu ontem em Lisboa.
O Município de Guimarães que se fez representar pela Vereadora da Acção Social, Paula Oliveira, aceitou o desafio lançado pela Secretaria de Estado para a Cidadania e Igualdade de Género e constitui-se como uma das entidades bandeira do projecto.
O Pacto para a Conciliação junta actualmente 52 organizações, 22 de serviços e organismos da Administração Pública central e empresas públicas, 14 câmaras municipais e 16 empresas privadas.
“Há um objectivo claro neste projecto que passa por um melhor ambiente de trabalho, com pessoas mais felizes e produtivas, promovendo um maior equilíbrio entre a vida profissional, pessoal e familiar, como condição para uma efectiva igualdade entre homens e mulheres e para uma cidadania plena, que permita a realização de escolhas livres. O Município de Guimarães está apostado em dar resposta a este desafio lançado pelo Governo, na sequência da implementação do nosso plano municipal para a igualdade de género e não descriminação”, salientou a Vereadora Paula Oliveira.

Marcações: Pacto para a Conciliação

Imprimir Email